Os design systems pelo olhar multidisciplinar da Miew

À medida que as edições das conversas dinamizadas pelo DXD e apoiadas pelo Clube de Criativo de Portugal, “Design systems tratados por tu” avançam, é notório o crescente envolvimento da comunidade com a iniciativa e as muitas manifestações de disponibilidade por parte das equipas e profissionais para partilharem o seu trabalho. Só por si este já seria um facto fantástico. Mas o aumento do reconhecimento por parte da comunidade vem também acompanhado com a visibilidade a muito do fantástico trabalho, feito por portugueses ou em Portugal na área dos design systems.

Quase indissociável do tópico dos design systems, a relação destes sistemas com a visão da marca como um todo é também uma perspetiva muito sensível. Os design systems, quase sempre, encerram em si um duplo desafio. Por um lado, a missão de contribuir para a construção de sistemas de design capazes de acelerar a evolução dos produtos digitais. Por outro, o seu papel indiscutível enquanto peças fundamentais do sistema de identidade visual de qualquer marca.

Não é claro onde terminam os terrenos do branding e onde começa a área de influência dos design systems. Será que é possível definir fronteiras tão claras assim? É toda esta problemática que nos vai guiar na terceira edição dos “Design systems tratados por tu”, desta vez com a equipa da Miew, um atelier do Porto com a ambição de construir produtos digitais relevantes, memoráveis e mensuráveis, sempre, centrados nas pessoas.

Cartaz de promoção da conversa design systems tratados por tu de dia 26 de maio de 2021

Terceira sessão será com a Miew

A partir da cidade do Porto e com uma vasta experiência na criação de produtos digitais, a tratar os design systems por tu na segunda sessão estarão o Orlando Rocha, o Pedro Ferraz, a Sílvia Moura e o Gonçalo Mimoso, todos da Miew e todos com muito para partilhar sobre o tema.

Apaixonados pelas marcas no mais amplo e criativo sentido do termo, a Miew caracteriza-se por um atelier de design focado na excelência do detalhe, mas sempre tendo a estratégia e a performance como premissas fundamentais. Como se não fosse suficiente para uma conversa num tom bastante informal, ficam também prometidas algumas provocações de como os design systems podem ser uma ferramenta ao serviço do marketing das marcas. Curiosos? Encontramo-nos dia 26 de maio às 18h30.

Fotografia © Ricardo Gomez Angel