Um dia para refletir sobre a usabilidade dos produtos digitais

Pensar, desenhar e desenvolver produtos digitais é um processo complexo. Por muito que se possa tentar simplificar este trabalho, procurando uma utilização o mais eficiente possível dos investimentos e recursos, nunca será um desafio fácil. Quando o objetivo é a excelência, será sempre necessário, num mesmo projeto, conseguir articular muitas e variadas competências, relacionadas com um sem fim de áreas técnicas.

Uma dessas competências, cada vez mais essencial na construção de qualquer produto digital é a usabilidade. Muitas vezes mal compreendida, a usabilidade (ou a falta dela) é o que garante uma experiência de utilização de cada produto digital, o melhor ou pior possível. Na sua definição mais simples, usabilidade diz essencialmente respeito à facilidade de utilização de determinados interfaces por parte dos seus utilizadores.

Dia Mundial da Usabilidade

Consciente da importância do tema da usabilidade, não só para os produtos digitais dos nossos tempos, mas também no impacto social que a usabilidade pode ter no mundo, foi criado pela Associação de Profissionais de Usabilidade (atualmente denominada de Associação de Profissionais de Experiência do Utilizador) em 2005 o Dia Mundial da Usabilidade. Idealizado inicialmente por Elizabeth Rosenzweig e Nigel Bevan, mais que um dia para celebrar simplesmente esta área de competência técnica, a data, tal e qual como afirma a carta de princípios do Dia Mundial de Usabilidade, tem essencialmente a finalidade de refletir sobre o impacto da usabilidade em áreas tão sensíveis do quotidiano como a educação, saúde, governo, comunicação, privacidade e segurança e entretenimento.

Realizada todos os anos na segunda quinta-feira do mês de Novembro, o dia, desafia todas as comunidades relacionadas com o tema da usabilidade pelo mundo todo a dinamizar eventos que ajudem neste propósito de reflexão. Subordinado anualmente a um tema específico, o Dia Mundial da Usabilidade, é uma excelente proposta à comunidade em particular de design, mas também a todas as outras áreas em geral, relacionadas com a construção de produtos digitais.

Propostas de reflexão

Na edição de 2020 a proposta do Dia Mundial da Usabilidade passa por refletir sobre o desafio e impacto que a inteligência artificial pode ter na área de competência de user experience (UX). Realizado em 2020 no dia 12 de Novembro, o Dia Mundial de Usabilidade é uma excelente oportunidade para em conjunto a comunidade refletir como será no futuro possível desenvolver experiências digitais, altamente customizadas à necessidades de cada pessoa, mas ao mesmo tempo confiáveis e seguras.

Ao longo dos anos, muitos foram os temas que deram mote às celebrações deste dia. Comemorando em 2020, 15 anos de existência, o Dia Mundial de Usabilidade, já percorreu ao longo de todas as suas edições inúmeros tópicos, todos eles bastante relevantes quando falamos do impacto da usabilidade, não só nos interfaces do dia-a-dia, mas também na sua abrangência uma série de outras áreas.

  • 2005 Sem tema definido
  • 2006 “Tornar a vida mais fácil”
  • 2007 “Saúde”
  • 2008 “Transportes”
  • 2009 “Sustentabilidade”
  • 2010 “Comunicação”
  • 2011 “Educação: projetando para a mudança social”
  • 2012 “Finanças”
  • 2013 “Saúde: colaborando para sistemas melhores”
  • 2014 “Engagement”
  • 2015 “Inovação”
  • 2016 “UX Sustentável”
  • 2017 “Inclusão”
  • 2018 “Design para o bem ou para o mal”
  • 2019 “Design para o futuro que queremos”
  • 2020 “Inteligência artificial centrada nas pessoas”

Em Portugal

A comunidade de usabilidade portuguesa associa-se também a esta dinâmica global. Para além de muitos pequenos eventos realizados em várias empresas e equipas do setor, existiram alguns eventos que vale muito a pena acompanhar.

Um desses eventos será organizado pela Tangível, uma empresa de consultoria na área da experiência de utilizador e contará com a presença de Nuno Jardim Nunes e Sandra Mouta como oradores. Um outro evento imperdível, será levado a cabo pela Outsystems que contará como oradores Manuel Lima, Hernâni Alves e Paulo Costa.

Dois das muitas sugestões de eventos que aconteceram não só em Portugal, mas também um pouco por todo o mundo, para celebrar a refletir não só sobre a importância da usabilidade, mas principalmente o seu contributo na construção de um mundo melhor.

Fotografia © Andrej Lisakov